Ganhando tom: com o repertório da Cantata Natalina definido, coralistas dedicam-se a exercitá-lo
3 de outubro de 2018 Notícias
Destacada

Um dom divino que precisa ser cultivado e exercitado – como define a Superiora da Província da Santa Cruz da Congregação das Irmãs de Notre Dame, Irmã Araci Ludwig -, a Bondade será o fio condutor da 12ª edição da Cantata Natalina – espetáculo promovido pelas escolas mantidas, no Rio Grande do Sul, pelas religiosas. Afinal, além de ser um valor exemplificado e propagado pelo verbo que se fez carne, foi enaltecido e transformado em missão, pela mãe espiritual da Congregação que, em 2018, celebra 95 anos de atuação no Brasil. “Santa Júlia nos deixou a missão de divulgarmos as maravilhas de Deus, que é nosso maior exemplo de bondade”, comenta Irmã Araci, complementando que, quando se trata as pessoas à volta com bondade, honra-se a Ele e ao sacrifício de Jesus.

Coral InfantilPor isso, os cânticos que emocionarão milhares de pessoas – nas noites de 17 de novembro, 01 e 08 de dezembro, em Passo Fundo, e na de 24 de novembro, em Carazinho – enfatizam tal valor, além de fazer menção ao nascimento do Deus menino e à festividade que o envolve. Ao todo, são 13 canções e um medley – que, desde agosto, estão sendo ensaiados, semanalmente, pelos coralistas que emprestam suas vozes ao evento.

Saiba mais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>