Equipes Notre Dame Menino Jesus foram destaque em competições esportivas
27 de dezembro de 2017 Notícias
destacada4

O esporte, enquanto instrumento pedagógico, promove o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes. Afinal, além de refinar suas habilidades motoras, ao exercitar uma técnica, os atletas aprimoram competências cognitivas, como a estratégia, e sociais, como a empatia e o trabalho em equipe.

Por isso, a Escola Notre Dame Menino Jesus oferece aos seus estudantes, como Atividades Extracurriculares, a prática de diferentes modalidades, como Basquetebol, Futsal e Vôlei.

Por meio desse complemento à escolaridade – que, também, beneficia os educandos com uma formação voltada à manutenção da saúde – os matriculados na instituição de ensino, ainda, participam de competições esportivas, nas quais vivenciam a cidadania.

Durante as disputadas em 2017, os estudantes Notre Dame Menino Jesus foram destaque.

Os, cerca de, 200 inscritos nas aulas semanais de Vôlei, por exemplo, subiram ao pódio em diversas categorias. Na Mirim, a equipe masculina conquistou medalha de bronze na 1ª Copa Livorno – promovida pela Secretaria Extraordinária de Esportes – e a feminina sagrou-se vice-campeã da  3ª Copinha Saque de Voleibol, além de disputar a Copa Ijuí de Voleibol e o 6º Festival Sacada Inteligente. Além disso, em setembro, o Voleibol da Escola promoveu a segunda edição do Festival Menino Jesus de Vôlei Feminino, na qual  11 times – formados por estudantes do Colégio Notre Dame, do Colégio Notre Dame Aparecida (Carazinho) e do Colégio Nossa Senhora da Glória (Carazinho), além dos da própria instituição de ensino, da Cia do Vôlei (Soledade) e da Escolinha Saque (Palmeira das Missões) – disputaram as duas categorias do torneio: Pré-Infantil e Pré-Mirim.

As equipes de Fustal, por sua vez, participaram da Copa Livorno e do 3º Torneio Integração Menino Jesus. Tanto na primeira competição – em que disputaram partidas válidas pelas categorias que compreendem os nascidos entre 2004 e 2009 – quanto na segunda, os educandos foram estimulados ao aprimoramento físico, ao cultivo do espírito esportivo, ao desenvolvimento técnico, à disciplina e à sociabilidade, como salienta o educador responsável pelos treinos da modalidade, Gabriel Ramos Padilha. “O objetivo principal, em se tratando de esportes, deve ser o de formar cidadãos”, afirma.

Os estudantes matriculados nas Atividades Extracurriculares de Judô e Xadrez – reconhecido como esporte pelo Comitê Olímpico Internacional – também demonstraram as habilidades desenvolvidas, fosse durante Exame de Troca Faixa ou no 1º Torneio de Xadrez Solidário – realizado na Faculdade Anhanguera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>